• Amy Erica Smith

Até que ponto Jair Bolsonaro e Bernie Sanders são parecidos e/ou distintos?

Updated: Mar 1

Obs: Desculpa qualquer erro da ortografia/redação em língua portuguesa. Eu não enviei para ser corregida porque queria publicar rápido.

Photo Source: Bernie Sanders & Gage Skidmore

Hoje eu publiquei na Folha de São Paulo um artigo sobre as eleições americanas que comparava o Jair Bolsonaro com o candidato Bernie Sanders.* Não deve surpreender que tem bastante gente que não gostou, mas não é por isso que estou escrevendo essa postagem agora.


Eu quero esclarecer o que queria dizer e o que não queria dizer.


Existem vários níveis nos quais se pode fazer uma comparação entre os dois políticos.


Os dois são parecidos na ideologia e nas propostas públicas? Não.

  • Posicionamento esquerda-direita: De jeito nenhum seriam a mesma coisa. Bernie Sanders é da esquerda e o Bolsonaro da direita.

  • Políticas LGBT: De jeito nenhum. Os dois estão de lados opostos.

  • Mudança climática: De jeito nenhum. O Bernie tem bandeira ambiental muito forte. O Bolsonaro aconselhou que a gente faça cocô de dois em dois dias para salvar o planeta.

  • Eu poderia continuar assim por muito tempo. Seria difícil achar uma política onde os dois coincidem.


Os dois são comparáveis no que tem a ver com suas atitudes respeito às forças armadas? Não.

  • Bolsonaro, como bem se sabe, é fanático das Forças Armadas brasileiras e convidou vários militares para fazerem parte do seu governo. Entrou na política após um artigo na revista Veja detalhar seus planos para explodir algumas bombas num quartel militar.

  • Nada disso com o candidato Bernie. Sanders não seria muito fanático das Forças Armadas estadounidenses, nem convidaria os generais para fazerem parte do governo. Jamais tentou explodir uma bomba num quartel. Entrou na política como prefeito da cidadezinha simpática de Burlington, Vermont.


Os dois são comparáveis no relacionamento com o sistema partidário? Sim.

  • O Bolsonaro se afiliou ao PSL mais ou menos como veículo para se candidatar à presidência. Já saiu.

  • O Bernie Sanders resistiu se afiliar ao Partido Demócrata durante décadas. Só recentemente decidiu se afiliar e segue criticando o partido de jeito muito duro.


Os dois são comparáveis no sentido dos dois se localizarem em posições distantes do centro ideológico? Mais ou menos sim.

  • Quando o Bolsonaro decidiu se candidatar, muita gente pensava que ele era direitista demais para ter êxito. Mais teve. Parece que o eleitor brasileiro segue conservador em algumas certas questões de costume moral.

  • Falam a mesma coisa (ao contrário) sobre o Bernie Sanders. Comenta-se muito que é esquerdista demais para ganhar—que uma pessoa que se descreve como socialista não pode ganhar uma eleição americana. Eu não tenho tanta certeza e parece que o eleitorado americano é bem progressista em algums assuntos.


Os dois seriam igualmente ameaças à democracia? Duvido. Tem muitas diferenças e alguns pontos em comum.

  • Do lado bom, os dois tem histórias longas de competição dentro do sistema democrático e eleitoral. De certa forma, essa história demostra um compromisso e conforto com o sistema eleitoral.

  • Apesar dessa história reconfortante, o Bolsonaro também tem uma história longa dele ou de aliados e familiares dele se pronuciarem de maneira preocupante sobre a ditadura, a tortura, o AI-5, etcetera.

  • Nada disso com o Sanders. Ele sim falou algumas coisas que pareciam favorecer algumas ditaduras esquerdistas latinoamericanas mas ninguem se preocupa de se ele realmente vai apoiar um golpe dentro dos Estados Unidos.

  • Do lado não tão bom, os dois provavelmente vão aumentar e alimentar a polarização, a qual ameaça a democracia. Eu não tenho medo do Bernie dar um golpe, de jeito nenhum. Mas cada vez mais polarizado que o sistema político ficar, mas chances de uma ruptura política.


Então, para resumir, o Bernie e o Bolsonaro estão completamente opostos no sentido ideológico e não tem muita comparação no que tem a ver com suas atitudes democráticas. Se você, querido leitor, apoia os direitos LGBT e deseja eleger um candidato que responda fortemente à mudança climática, o Bernie Sanders seria uma boa escolha no panorama estadounidense e o Jair Bolsonaro no panoramo brasileiro não.


Agora, eu falei tudo isso como politóloga. A gente geralmente evita falar das nossas próprias escolhas políticas mas eu acho que devo quebrar essa regra agora. Apesar de que eu vejo uma similaridade marcante entre os dois em certos pontos já discutidos, eu voto felizmente no Bernie se ele ganhar nas primárias demócratas. Desconsiderando todas as outras questões, é o voto óbvio para o futuro do planeta e dos meus filhos.

* Os autores não escolhem os manchetes, nem nos Estados Unidos nem no Brasil; o manchete é imposto por um editor especializado nessa tarefa e esse manchete obviamente foi selecionado para ser “clickbait”. O título que eu sugeri foi “O abrasileiramento da política americana”. Se o manchete tivesse sido essa a minha sugerência, quem sabe, talvez nosso canto pequeno do mundo teria sido um pouquinho mais tranquilo e amoroso hoje de noite?

395 views

©2019 by Mischiefs of Faction.